Centro de Teatro do Oprimido: LABORATÓRIO MADALENA-RIO

Convite para as mulheres: LABORATÓRIO MADALENA-RIO
Autor: Alessandro Conceição

Uma inovadora experiência estética, através das técnicas do Teatro do Oprimido, focada nas especificidades das opressões enfrentadas pelas mulheres. Nossa meta é promover um encontro entre mulheres, para investigar essas opressões cotidianas e buscar meios concretos de lutar pela transformação dessa realidade.
O Laboratório Madalena se propõe a ser um espaço estético, democrático, criativo, propositivo e dinâmico, onde mulheres possam se reconhecer e serem reconhecidas como produtoras de arte, de conhecimento e de transformação social. Um espaço de valorização e de difusão dessa expressão; de intercâmbio e de estímulo à solidariedade e à justiça.

O Madalena-Rio acontecerá em 23 e 24 de novembro, coordenado por Helen Sarapeck, que participou do processo de criação em 2010 e de diversos encontros e atividades subseqüentes, inclusive do MADALENA INTERNACIONAL, realizado em setembro de 2012, em Berlim, com representantes da America Latina, África e Europa.
Esta edição do Laboratório estará aberta para mulheres de diferentes contextos sociais, sem necessidade de experiência anterior.

Data/Horário: 23 (18h as 22h) e 24 (10h as 18h) de novembro

Carga horária: 12 horas

Local: Centro de Teatro do Oprimido – Av. Mem de Sá, 31 – Lapa

Taxa de participação: R$100,00

Contato: helensarapeck@ctorio.org.br

O Laboratório Madalena ” Teatro das Oprimidas” surgiu em janeiro de 2010, por iniciativa de Bárbara Santos, Kuringa do Teatro do Oprimido, e da diretora teatral italiana Alessandra Vannucci, que desenvolveram a experiência no Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal, com apoio do Centro de Teatro do Oprimido. Bárbara Santos tem desenvolvido edições do Laboratório em: Berlim (Alemanha), com a organização KURINGA, Calcutá (Índia), com o grupo Jana Sanskriti, Viena (Áustria), com o grupo TdU Wien, Barcelona (Espanha), com L’Aranya Creació e Lisboa (Portugal), com o grupo de Teatro do Oprimido GTO-Lx. Em setembro de 2012 promoveu o Madalena Internacional, em Berlim. Alessandra Vannucci segue a experiência como projeto de extensão na universidade UFOP, no Brasil. Participantes dessas experiências se transformam em Multiplicadoras, garantindo outras edições do Laboratório no Brasil, Argentina, Uruguay, Guiné-Bissau, Austria e Suiça.

Centro de Teatro do Oprimido

Av Mem de Sá, 31 Lapa. Rio de Janeiro/RJ
Tel: (21)2215-0503/2232-5826
www.cto.org.br

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s