Prefeitura anuncia esquema operacional para o Réveillon de Copacabana

Organizadores esperam dois milhões de pessoas na praia mais famosa do Brasil

O secretário Especial de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, ao lado do secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio, anunciou nesta quarta-feira, dia 26, no Centro de Operações Rio, o esquema operacional da Prefeitura do Rio para o Réveillon 2013 na orla de Copacabana.

Para minimizar os transtornos causados nos últimos anos pela saída do público e garantir mais segurança àqueles que festejarem a virada do ano na orla, Copacabana estará fechada por completo das 22h do dia 31 às 4h do dia primeiro. Além disso, será implantada uma via exclusiva para a locomoção do público, por onde veículos não poderão trafegar.

O esquema operacional montado para o Réveillon 2013 em Copacabana envolve diversos órgãos públicos, como a Guarda Municipal, representada hoje pelo Inspetor Geral, Leandro Matieli, e a CET-Rio, representada pela presidente Claudia Secin, além da Secretaria Especial de Ordem Pública, Comlurb, Metrô Rio, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

O secretário municipal de transportes deu mais detalhes sobre a principal modificação para este ano:

– Nosso objetivo é facilitar a vida do carioca e trazer mais conforto para aqueles que vão se deslocar para Copacabana. Antes, havia um cruzamento de pessoas e veículos, e ninguém conseguia se mover. Agora, no horário de pique, faremos com que o bairro fique livre para os pedestres. Os veículos serão encaminhados a quatro pontos estratégicos durante esse horário, em áreas adequadas para o embarque das pessoas após a festa. Este ano, vamos antecipar em uma hora o fechamento do bairro. Logo, pedimos que o carioca chegue mais cedo a Copacabana – afirmou Osorio.

Durante a apresentação, o secretário especial de Turismo classificou a alteração no trânsito como um “aprendizado de erros passados” e afirmou que o Réveillon deste ano em Copacabana será ainda mais grandioso:

– O público terá à sua disposição quatro palcos, sendo o principal com tecnologia de LED, 36 torres de áudio, 30 torres de segurança e fogos piromusicados com canções de João Brasil durante 16 minutos. As pessoas que forem a Copacabana vão encontrar muita alegria, segurança e organização – disse Antônio Pedro, completando que outros bairros, como Ipanema, Flamengo, Ilha do Governador, Paquetá, Penha, Ramos, Madureira, Sepetiba e Guaratiba, entre outros, também serão palco de muita festa, com grandes atrações.

Para atender o público que irá ao evento, a partir do dia 30 será montado esquema especial de tráfego em toda a região – Botafogo, Ipanema, Lagoa, além de Copacabana – com o objetivo de minimizar os impactos no trânsito.

A partir das 22h, quando o bairro de Copacabana for fechado, os ônibus retornarão do ponto mais próximo à entrada do bairro. A partir da meia-noite, as linhas de ônibus funcionarão com embarques em quatro locais. Quem for para Grande Tijuca, Centro e Zona Norte deverá se dirigir à Enseada de Botafogo (Avenida das Nações Unidas). Quem for para São Cristóvão ou para a Praça da Bandeira tem como opção a Lagoa Rodrigo de Freitas (Corte do Cantagalo). Para a Barra da Tijuca, Jacarepaguá e os demais bairros da Zona Oeste, o embarque será na Rua Prudente de Morais (altura da Rua Farme de Amoedo). A Rua Real Grandeza, próximo ao cemitério São João Baptista, contará com linhas de ônibus que levarão os passageiros até o Centro, Rodoviária Novo Rio e Grajaú.

Os táxis estarão disponíveis a partir da área de bloqueio. O público também poderá chegar a Copacabana de metrô, adquirindo previamente os bilhetes para embarque.

Para orientação dos passageiros, haverá sinalização horizontal ao longo de toda a orla da praia de Copacabana, distribuição de informativos e painéis indicando as rotas de embarque, além de cartazes dentro dos ônibus e presença de orientadores nas ruas de Copacabana.

A operação de trânsito da Prefeitura do Rio contará com a participação de 940 agentes, entre guardas municipais e controladores da CET-Rio, com 65 viaturas e 90 motocicletas, que trabalharão para manter a fluidez, coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres e efetuar os bloqueios necessários.

Para orientar motoristas e pedestres, serão utilizados 44 painéis de mensagens variáveis que darão informações sobre as alterações no trânsito, os horários e locais dos bloqueios, as restrições de estacionamento, além das condições do tráfego. Esses painéis passarão a divulgar mensagens de orientação com antecedência, para informar previamente aos motoristas e moradores.

Além disso, o Centro de Operações Rio fará o monitoramento de toda a região impactada pelo evento, permitindo que técnicos da CET-Rio implantem ajustes na programação dos semáforos em função das condições do trânsito em cada momento.

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) vai atuar com reboques baseados em pontos estratégicos e circulando na área de abrangência do evento com a finalidade de reprimir o estacionamento irregular e garantir a fluidez do tráfego. Os veículos estacionados irregularmente serão removidos para os depósitos públicos municipais. Além disso, 28 reboques (leves e pesados) da CET-Rio serão posicionados na região para desobstrução das vias em caso de enguiço de algum veículo.

Confira abaixo, em detalhes, o esquema operacional montado pela Prefeitura do Rio para o Réveillon de Copacabana:

PRINCIPAIS INTERDIÇÕES/ALTERAÇÕES NO TRÂNSITO:

A partir das 7h do dia 31/12

– Bloqueio da pista da Av. Atlântica junto à orla para implantação da área de lazer, como ocorre em todos os domingos e feriados.
– Inversão de mão na Av. Atlântica na pista junto às edificações, como ocorre em todos os domingos e feriados.

A partir das 15h do dia 31/12 ate as 10h do dia 01/01

– Bloqueio da pista da Av. Atlântica junto às edificações.

A partir das 18h do dia 31/12 às 06h do dia 01/01
– Fechamento externo dos acessos a Copacabana:
– Ipanema
– Lagoa (Corte de Cantagalo)
– Túnel Velho
– Enseada de Botafogo
– Exceto ônibus e táxis.

A partir das 22h do dia 31/12 às 04h do dia 01/01

– Fechamento total dos acessos a Copacabana:
– Ipanema
– Lagoa (Corte de Cantagalo)
– Túnel Velho
– Enseada de Botafogo
– Inclusive ônibus, táxi e trânsito livre.

A partir das 04h do dia 01/01

– Acessos à Copacabana liberados apenas para ônibus e táxis.

A partir das 06h do dia 01/01

– Acessos à Copacabana liberados para todos os veículos.
– Permanece bloqueio da Av. Atlântica, em ambas as pistas.

A partir das 10h às 19h do dia 01/01

– A pista da Av. Atlântica junto às edificações será liberada ao tráfego, funcionando com mão invertida (do Posto 6 para o Leme), como ocorre em todos os domingos e feriados.

INTERVENÇÕES ADICIONAIS:

A partir das 18h do dia 31/12

Ipanema/ Leblon: Fechamento da pista junto a orla e reversível na pista junto as edificações (similar a área de lazer)

A partir das 20h do dia 31/12

Fechamento Aterro do Flamengo e Enseada de Botafogo
Enseada de Botafogo – Acesso apenas para ônibus (Bolsão e área de embarque).

PROIBIÇÃO DE ESTACIONAMENTO:

Estará proibido o estacionamento, além dos locais já regulamentados, nas seguintes vias:

Das 06h do dia 30/12 até às 10h do dia 01/01

Rua Fernando Mendes, ambos os lados, entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;

Das 18h do dia 30/12 até às 10h do dia 01/01

– Rua Gustavo Sampaio, lado direito, no trecho compreendido entre a Rua Antônio Vieira e a Rua Anchieta;
– Rua Antônio Vieira, ambos os lados, exceto nas baias existentes;
– Av. Nossa Senhora de Copacabana entre a Av. Princesa Isabel e a Rua Antônio Vieira, exceto nas baias existentes;

Das 23h de 30/12 às 04h do dia 01/01

– Av. Atlântica: pista junto às edificações, no trecho entre a Rua Francisco Otaviano e a Av. Prado Jr., ambos os lados, inclusive nas baias;
– Av. Atlântica: pista junto à praia, no trecho entre a Av. Princesa Isabel e a Praça Alm. Júlio de Noronha (Leme);
– Av. Atlântica: pista junto às edificações, no trecho entre a Rua Francisco Otaviano e a Av. Prado Jr., ambos os lados, inclusive nas baias;
– Av. Atlântica: pista junto à praia, no trecho entre a Av. Princesa Isabel e a Praça Alm. Júlio de Noronha (Leme);
– Av. Nossa Senhora de Copacabana: ambos os lados, toda extensão;
– Rua Barata Ribeiro: ambos os lados, toda extensão;
– Rua Tonelero: lado direito, entre a Pça. Cardeal Arcoverde e o Túnel Major Rubens Vaz; lado esquerdo, entre a Pça. Cardeal Arcoverde e a Rua Santa Clara;
– Rua Figueiredo de Magalhães: ambos os lados, toda extensão;
– Rua Raul Pompéia, ambos os lados, toda extensão;
– Rua Visconde de Pirajá: ambos os lados, entre a Rua Farme de Amoedo e a Rua Gomes Carneiro;
– Rua Prudente de Morais, ambos os lados, entre a Rua Jangadeiros e a Rua Vinícius de Morais;
– Rua Pompeu Loureiro: lado direito, toda extensão;
– Av. Princesa Isabel: ambos os sentidos, ambos os lados;
– Av. Prado Júnior, ambos os lados, inclusive nas baias existentes;
– Rua Belford Roxo: no trecho junto à Praça do Lido, ambos os lados;
– Rua Ronald de Carvalho: no trecho junto à Praça do Lido, ambos os lados;
– Rua Duvivier: ambos os lados, no trecho entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;
– Rua Rodolfo Dantas: ambos os lados (inclusive nas baias), em toda extensão;
– Rua República do Peru: ambos os lados (inclusive nas baias), no trecho entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;
– Rua Paula Freitas: ambos os lados, no trecho entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;
– Rua Hilário de Gouveia: ambos os lados, no trecho entre a Rua Barata Ribeiro e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;
– Rua Siqueira Campos: ambos os lados, entre a Rua Tonelero e a Av. Atlântica;
– Rua Santa Clara: ambos os lados, entre a Av. Nossa Senhora de Copacabana e Av. Atlântica;
– Rua Constante Ramos: ambos os lados, entre a Av. Nossa Senhora de Copacabana e Av. Atlântica;
– Rua Bolívar, toda a extensão, ambos os lados;
– Rua Xavier da Silveira: ambos os lados, entre a Rua Barata Ribeiro e a Av. Atlântica;
– Rua Miguel Lemos: ambos os lados (inclusive nas baias), toda extensão;
– Rua Henrique Dodsworth: ambos os lados;
– Rua Sá Ferreira: ambos os lados, entre as avenidas Nossa Senhora de Copacabana e Atlântica;
– Rua Francisco Sá: ambos os lados, toda extensão;
– Rua Gomes Carneiro: ambos os lados, entre a Rua Visconde de Pirajá e a Rua Bulhões de Carvalho;
– Rua Rainha Elizabeth: ambos os lados, entre a Av. Atlântica e a Av. Rua Tereza Aragão;
– Rua Joaquim Nabuco, ambos os lados, entre a Av. Atlântica e a Av. Vieira Souto;
– Av. Lauro Sodré, ambos os sentidos, em ambos os lados;
– R. Real Grandeza, ambos os lados, no trecho entre a Rua Mena Barreto e o Túnel Velho;
– Em toda a extensão da Rua Prudente de Moraes;

Das 7h do dia 31/12 às 04h do dia 01/01

Rua Marechal Mascarenhas de Morais, ambos os lados, entre as Ruas Tonelero e Barata Ribeiro.

COMO CHEGAR E SAIR DO EVENTO:

Para acessar a área do evento, a CET-Rio recomenda a utilização de transporte público coletivo regulamentado, bicicleta ou o deslocamento a pé.

Metrô – Utilizar as estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Cantagalo e General Osório. O Metrô Rio montou esquema especial com venda antecipada dos bilhetes para utilização em horários pré-determinados.

Ônibus de linhas regulares – Na chegada, mais de 80 linhas passam pela área do evento, vindas de várias regiões da cidade, destacando-se que somente poderão acessar Copacabana até as 22h.

Após o evento, os usuários de ônibus deverão se dirigir às áreas de embarque que serão na Enseada de Botafogo, na Lagoa e na Rua Prudente de Morais.

Ônibus de turismo – Não poderão estacionar em Copacabana e nos bairros do entorno (Ipanema, Lagoa, Urca, Botafogo). O estacionamento deverá ser realizado na área do Teleporto e na Av. Rio Branco.

Não haverá áreas de estacionamento, o que, aliado às diversas interdições previstas e ao grande número de pessoas esperado, não recomenda a utilização do automóvel particular.

FUNCIONAMENTO DO METRÔ:

O MetrôRio realizará, nos dias 31/12/12 e 01/01/13, , o esquema especial de funcionamento para o Réveillon. Durante a operação, que começará às 19h do dia 31/12 e se encerrará às 05h do dia 01/01, só será permitido o embarque com cartões especiais, que começaram a ser comercializados no dia 10/12. Durante a Operação Especial, não haverá necessidade de transferência entre as linhas 1 e 2 – as composições farão diretamente o trajeto entre as estações Pavuna e Ipanema/General Osório.

A venda de cartões é feita de forma antecipada e os embarques acontecem por faixas de horário. Na ida, o usuário tem à disposição cinco horários para realizar sua viagem, cada qual identificado por um cartão de uma cor: azul (das 19h às 20h), laranja (das 20h às 21h), verde (das 21h às 22h), vermelho (das 22h às 23h) e amarelo (das 23h às 24h). O usuário tem o período de uma hora para embarcar nos horários previamente definidos nos cartões, não sendo permitido o embarque fora do horário previsto.

Para voltar, o passageiro pode viajar em qualquer horário entre 0h e 05h e a cor dos cartões unitários de volta é cinza. O MetrôRio recomenda o retorno pela Estação Siqueira Campos, já que a Estação Cardeal Arcoverde costuma receber um grande fluxo de passageiros.

Operação no dia 31/12

No dia 31/12, o MetrôRio vai funcionar entre 05h e 19h seguindo a operação padrão de segunda-feira, com as transferências entre linhas se dando no trecho compartilhado entre Central e Botafogo. A partir das 19h, a Linha 2 operará entre Pavuna e Ipanema/General Osório, sem necessidade de transferência.

As bilheterias das estações fecharão às 19h e reabrirão apenas às 7h do dia 01/01, com exceção das localizadas em Ipanema/General Osório, Cantagalo e Siqueira Campos, que permanecerão abertas até meia-noite. A Estação Cardeal Arcoverde fechará para embarque às 19h e reabrirá à meia-noite.

O sistema de ônibus Metrô Na Superfície encerrará suas atividades às 17h (ônibus partindo da Gávea) e às 18h (partidas para Gávea, saindo de Ipanema e Botafogo). A venda de cartões será suspensa meia hora antes da partida do último ônibus. As linhas de integração metrô-ônibus encerrarão suas vendas às 16h30. A linha Barra Expresso terá suas últimas partidas às 16h30 (sentido Alvorada-Ipanema) e 18h (sentido Ipanema/Alvorada).

Operação no dia 01/01

No dia 01/01, o MetrôRio volta ao seu esquema normal de funcionamento, operando entre 7h e 23h, com transferências entre linhas na Estação Estácio. As estações Maracanã, Cidade Nova, Praça Onze, Presidente Vargas, Uruguaiana, Cinelândia e Catete permanecerão fechadas, reabrindo apenas às 5h do dia 02/01. O serviço Metrô Na Superfície e as linhas de integração metrô-ônibus e Barra Expresso voltam ao funcionamento às 7h do dia 01/01.

ORDEM PÚBLICA:

A Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop), com o apoio da Guarda Municipal, montou um esquema especial de fiscalização para o Réveillon 2013, em Copacabana. Serão 1.688 agentes (1.400 guardas municipais de controle urbano, 190 de trânsito e 98 agentes da Seop) que vão atuar preventivamente, a partir das 7h do dia 30 de dezembro, até o término do Réveillon. A novidade deste ano são mais 17 barreiras operacionais que estarão montadas nos terminais rodoviários localizados na General Polidoro, Epitácio Pessoa, Prudente de Moraes e na saída do Túnel Novo até a Enseada de Botafogo. Comércio ambulante irregular, estacionamento em local proibido, acampamentos em área pública, entre outras desordens, serão coibidas pela fiscalização.

A partir das 19h do dia 30 de dezembro, uma ação noturna denominada “Operação Tatuí” estará percorrendo toda a orla de Copacabana e Leme para impedir que ambulantes autorizados e irregulares façam depósitos de mercadorias na areia. Os guardas municipais da Unidade de Ordem Pública de Copacabana, assim como os agentes da Seop que realizam o ordenamento das praias, farão o patrulhamento de rotina na região.

Serão utilizados: 52 barreiras operacionais montadas, às 9h do dia 31 dezembro, para coibir o comércio ambulante irregular nas principais vias de acesso à Praia de Copacabana, da Rua Júlio de Noronha até a Rua Francisco Otaviano; vias de acesso às estações do metrô: Figueiredo de Magalhães, Siqueira Campos e Rodolfo Dantas) e nos terminais rodoviários localizados na General Polidoro, Epitácio Pessoa, Prudente de Moraes e na saída do Túnel Novo até a Enseada de Botafogo; 29 pontos de patrulhamento ostensivo com GMs ao longo da Av. Nossa Senhora de Copacabana; 71 viaturas e 6 quadriciclos; 5 comboios; 1 torre de monitoramento na Av. Atlântica, na altura da Rua Rodolfo Dantas; 1 tenda de gerenciamento na Av. Atlântica, em frente à Rua República do Peru; 1 centro de comando da Guarda Municipal, também na Av. Atlântica, em frente à Rua República do Peru; 1 container na Av. Atlântica, altura da Rua Sá Ferreira; 1 ônibus de comando; 1 caminhão depósito; 20 reboques.

Além disso, uma Tenda de Gerenciamento (TG) do Controle Urbano e uma torre de observação darão suporte às ações de fiscalização realizadas durante o evento. Os comboios vão percorrer a Rua Barata Ribeiro e as avenidas Nossa Senhora de Copacabana, Princesa Isabel e Atlântica, entre as ruas Júlio de Noronha, no Leme, e Francisco Otaviano, em Copacabana, e nas imediações dos terminais rodoviários.

Serão montadas Barreiras Operacionais nos seguintes pontos:

– Praça Alm. Júlio de Noronha
– Rua Martim Afonso com a Av. Atlântica;
– Rua Aurelino Leal com a Av. Atlântica;
– Rua Anchieta com a Av. Atlântica;
– Rua Antônio Vieira com a Av. Atlântica;
– Rua Constante Ramos com a Av. Atlântica;
– Rua Santa Clara, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Figueiredo Magalhães, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Siqueira Campos, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Hilário de Gouveia, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Paula Freitas, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua República do Peru, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Fernando Mendes, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Rodolfo Dantas, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Duvivier, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Ronald de Carvalho, esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Belfort Roxo, esquina com a Av. Atlântica;
– Av. Prado Júnior, esquina com a Av. Atlântica;
– Av. Princesa Isabel esquina com a Av. Atlântica;
– Rua Barão de Ipanema com a Av. Atlântica;
– Rua Bolivar com a Av. Atlântica;
– Rua Xavier da Silveira com a Av. Atlântica;
– Rua Miguel Lemos com a Av. Atlântica;
– Rua Djalma Ulrich com a Av. Atlântica;
– Rua Almirante Gonçalves com a Av. Atlântica;
– Rua Sá Ferreira com a Av. Atlântica;
– Rua Souza Lima com a Av. Atlântica;
– Rua Francisco Sá com a Av. Atlântica;
– Rua Júlio de Castilhos com a Av. Atlântica;
– Av. Rainha Elizabeth com a Av. Atlântica;
– Rua Joaquim Nabuco com a Av. Atlântica;
– Rua Francisco Otaviano com a Av. Atlântica;
– Praça Cardeal Arco Verde descida da ladeira;
– Av. Lauro Sodré em frente ao Túnel Novo;
– Rua Lauro Muller com Praça Juliano Moreira;
– Av. Lauro Sodré com Rua General Góes Monteiro;
– Av. Venceslau Brás com Praça Juliano Moreira;
– Rua Bartolomeu Portela com General Severiano, altura do número 100;
– Rua Bartolomeu Portela com General Severiano, altura do número 170;
– Av. das Nações Unidas com Túnel do Pasmado;
– Praia de Botafogo com Rua Prof. Álvaro Rodrigues;
– Praia de Botafogo com Rua Voluntários da Pátria;
– Praia de Botafogo com Rua São Clemente;
– Praia de Botafogo com Rua Prof. Alfredo Gomes;
– Praia de Botafogo com Rua Visc. Ouro Preto
– Av. das Nações Unidas com Rua Prof. Álvaro Rodrigues;
– Av. das Nações com Rua Prof. Nestor Moreira;
– Rua Real Grandeza com Rua General Polidoro;
– Rua Henrique Dodsworth com Praça Senador Filinto Muller;
– Rua Prof. Gastão Bahiana com Av. Epitácio Pessoa;
– Rua Real Grandeza entrada para o Túnel Velho;
– Rua Prudente de Morais, altura Rua Jangadeiros com Praça General Osório.

ATENDIMENTO MÉDICO:

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) preparou um esquema especial de atendimento na orla de Copacabana durante a noite de Réveillon. Seis postos médicos estarão à disposição da população, com 173 profissionais de saúde trabalhando durante todo o evento, sendo 65 médicos. As unidades contarão, no total, com 67 leitos (12 de suporte avançado).

Para os casos mais graves, que necessitarem de remoção, 50 ambulâncias estarão de prontidão. Os postos ficarão na altura da Rua Princesa Isabel, da Praça do Lido, da Rua Paula Freitas, da Rua Santa Clara, da Rua Bolívar e da Rua Souza Lima e funcionarão a partir das 17 horas até o término dos festejos. Todas as unidades estarão preparadas para atender as emergências, com equipamentos de suporte à vida para monitoração e estabilização dos pacientes. Os hospitais e UPAs municipais estarão com suas equipes prontas para dar apoio aos atendimentos mais graves e receber as transferências, que serão realizadas pela Central de Regulação.

A SMSDC recomenda que o público utilize roupas leves, faça uma alimentação saudável, não esqueça seus remédios habituais e hidrate-se bastante para poder curtir a festa. É importante também tomar cuidado com objetos perfurocortantes, especialmente garrafas.

UNIDADES DE SAÚDE:

Durante o Réveillon, 37 unidades da SMSDC estarão à disposição da população na cidade. Todas vão funcionar por 24 horas para garantir o atendimento de emergência aos cariocas.

Unidades que funcionam 24 horas:

– Hospital Municipal Souza Aguiar – Centro
– Hospital Municipal Miguel Couto – Gávea
– Hospital Municipal Salgado Filho – Méier
– Hospital Municipal Lourenço Jorge – Barra da Tijuca
– Hospital Municipal Pedro II – Santa Cruz
– Hospital Municipal Rocha Maia – Botafogo
– Hospital Municipal Paulino Werneck – Ilha do Governador
– Hospital Municipal Francisco da Silva Telles – Irajá
– Hospital Municipal Jurandir Manfredini – Jacarepaguá
– Hospital Maternidade Fernando Magalhães – São Cristóvão
– Hospital Maternidade Oswaldo Nazareth – Praça XV
– Hospital Maternidade Carmela Dutra – Lins de Vasconcelos
– Hospital Maternidade Herculano Pinheiro – Madureira
– Hospital Maternidade Alexander Fleming – Marechal Hermes
– Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque – Centro
– Hospital da Mulher Mariska Ribeiro – Bangu
– Serviço de emergência da Policlínica Rodolpho Rocco – Del Castilho
– Serviço de emergência da Policlínica César Pernetta – Méier
– Instituto Municipal Philippe Pinel – Botafogo
– UIS Arthur Villaboim – Paquetá
– UPA de Vila Kennedy
– UPA da Rocinha
– UPA do Complexo do Alemão
– UPA de Manguinhos
– UPA da Cidade de Deus
– UPA de Santa Cruz / João XXIII
– UPA do Engenho de Dentro
– UPA de Madureira
– UPA de Costa Barros
– UPA de Senador Camará
– UPA Sepetiba
– UPA Paciência
– UPA Magalhães Bastos
– UPA Rocha Miranda
– Coordenação de Emergência Regional: Centro
– Coordenação de Emergência Regional: Leblon
– Coordenação de Emergência Regional: Barra

DEFESA CIVIL MUNICIPAL:

A Defesa Civil terá também 15 técnicos na coordenação das ações de monitoramento e de contingência entre os órgãos envolvidos, caso haja qualquer eventualidade na orla. Foi montado um sistema de comunicação integrado entre todos os órgãos e a Defesa Civil, via canais exclusivos de rádio, para facilitar o intercâmbio entre os envolvidos no evento. Os profissionais ficarão baseados em um Centro Móvel de Operações, montado no bairro.

LIMPEZA URBANA:

A Comlurb aumentou seu efetivo nas ruas e vai intensificar a limpeza pública nas festas de fim de ano. Durante a manhã e tarde do dia 31, a programação de limpeza da cidade será mantida conforme a rotina estabelecida. Porém, haverá um reforço na orla da cidade em função das festividades. Copacabana e Leme contarão com uma equipe extra de garis, especialmente programada, a partir de 6h, para garantir a manutenção da limpeza da festa.

Na Praia de Copacabana a limpeza fica a cargo de 1.300 trabalhadores, 100 viaturas e 23 equipamentos, entre eles, varredeiras, caminhões compactadores, caminhões basculantes, caminhões de carro pipa, tratores e minitratores. Toda a orla, do Posto Seis ao Leme, recebe ainda 1.000 contêineres plásticos de 240 litros. As pistas de rolamento e calçadas serão lavadas e desodorizadas após os festejos. A proposta da Companhia é restabelecer o padrão de limpeza das praias e vias de acesso até as 10h.

Considerada a maior e mais ágil programação de limpeza de litoral, a Operação Réveillon tem início às 6h do dia 01/01/2013 e mobiliza 3.800 trabalhadores, 300 viaturas e 85 equipamentos. Toda a orla carioca, inclusive as praias da Ilha do Governador, Sepetiba, Guaratiba e o Piscinão de Ramos, recebem atenção especial no período de festas.

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:

– Não ir de carro, usar transporte público (ônibus, táxis ou metrô);
– Respeitar os locais de proibição de estacionamento e atentar para os horários;
– Os motoristas devem, sempre que possível, evitar circular pelos bairros e vias onde ocorrerão os bloqueios dos acessos a Copacabana: Ipanema (Rua Bulhões de Carvalho), Lagoa (Corte do Cantagalo) e Botafogo (Real Grandeza, Rua da Passagem e Lauro Muller e Túnel do Pasmado), procurando rotas alternativas para seus trajetos;
– Para sua segurança, os pedestres só devem fazer a travessia das vias nos locais sinalizados;
– É muito importante que sejam respeitadas as orientações dos Agentes de trânsito e também de toda sinalização implantada na área;
– Chegar com antecedência, já que após 22h os acessos à Copacabana estarão bloqueados para todos os veículos, inclusive ônibus e táxis.

fonte prefeitura rj
Autor: Flávia David / Fotos: Eliane Carvalho

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s